terça-feira, 25 de novembro de 2008

Os amores de quem ama... COMER... (atendendo a pedidos parte 2)


Quando comecei a namorar o Fa, passamos a experimentar lugares no Leblon, além dos limites da Big Polis. Começamos a andar para o baixo Leblon e eu fiquei simplesmente viciada no financier do Cafeína. Amava ir lá tomar café da manhã e a desculpa daquele mega café, era o bolinho que ficava no pires ao lado do chocolate quente tímido perto da quantidade de comida posta à mesa. Depois passei a experimentar os mesmos bolinhos em todos os lugares que os identificava. No Copacabana Palace, durante um evento que organizamos para a empresa, ele veio coberto de chocolate branco. Ui! E os recém-descobertos no Garcia e Rodrigues?
Em um aniversário, resolvi seguir a receita que havia lido no site do Olivier, afinal não poderia ser mais simples. Acontece que eu fiz igualzinho mas se jogasse na parede quebrava. Desisti, por mais de três anos e resolvi algo novo. Pensei nos possíveis erros e procurei algum jeito de fazer muffins de amêndoas, sim, como financiers gigantes (mente gordinha entrando em ação!!! Aproveitei o ensejo que achei amoras, e fiz uma caldinha de frutas vermelhas que ficou uma coisa de tão boa! Agora uma coisa que eu meti na cabeça que estava errada na primeira tentativa e resolvi mudar... Porque as claras não estão em neve? Alguém, alguém pode me explicar por que as claras não estão em neve????

Saudades do Cafeína, mas pelo menos no financier, já sei me defender.

Muffins de Amêndoa com calda de frutas vermelhas: (12 porções)


2 c. chá (30 g) de manteiga, derretida,  para untar as forminhas depois jogar açúcar
1 xíc. de farinha de amêndoas. (Amêndoas moÌdas e bem fininha
1 2/3 xíc. de açúcar de confeiteiro
1/2 xíc. de farinha de trigo 
Pitada generosa de sal
5 claras 
3/4 xíc. de manteiga derretida 

Calda

1 bandeja de morangos sem talo, limpos e processados
400g de amora bem limpinha
6 colheres de sopa de açúcar de baunilha
1 1/2 xíc. de água

Como a gente faz lá em casa:

Ferva a água com o açúcar, até que este esteja completamente dissolvido e comece a ficar com aspecto de calda. Adicione o morango processado e por último as amoras. Como eu queria achar framboesa aqui no Rio... Não esquecer a panela, fique de olho pois ferve e levanta fervura mesmo...

Pré-aqueça o forno em 230C.

Unte as forminhas de muffin com manteiga e açúcar.Em uma tigela grande, misture a farinha, as amêndoas, o açúcar de confeiteiro e o sal (tudo peneirado) Adicione a manteiga derretida, já fria. A massa vai ficar algo brilhoso e um tanto quanto pesada.

Bata as claras em neve na batedeira. Adicione a mistura em três partes para que a massa fique bem aerada. Divida a massa nas forminhas sempre passando um pouco da metade da altura. Retire quando eles estiverem bem dourados e brilhosos por cima. Saem super fácil da forminha. Deixe esfriar na gradinha e sirva com a caldinha quente.

Os muffins podem ser guardados em potes herméticamente fechado por vários dias. 

3 comentários:

SS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SS disse...

Oi, Luca!!!
Não sei se você se lembra de mim, mas sou amiga da Gaby e foi ela quem me "apresentou" ao seu blog, do qual eu sou quase dependente hoje em dia. Então, antes de mais nada, obrigada!!!
Quanto aos financiers, também sou uma fanática e, como tal, elegi como o melhor EVER o da Brasserie Rosario (www.brasserierosario.com.br). Vale o passeio ao Centro da cidade se você não trabalha por lá: além dos quitutes, o lugar é belíssimo e a carta de vinhos dos caras é de tirar o chapéu.
Beijo grande
(A propósito, você me tornou um ser humano muuuuuito melhor, agora que eu aprendi a fazer um petit gateau decente... Obrigada, de novo!!!)
(desculpa pelo comentário postado e apagado em seguida, mas eu cometi um erro e não podia consertar :-)

Luca disse...

Samantha!!! Quanto tempoooooo! Que bom saber que vc vem aqui! Trabalho no Centro e vou dar um pulinho lá na Brasserie assim que possível, obrigada pela dica e pelo carinho. Estou tentando não ser tendenciosa, mas os doces me perseguem! Vc vai ver mais coisa legal em breve