segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Impressões sobre a boda de papel

Um ano se passou. Deus como foi rápido. Lembro como se fosse hoje de manhã, eu enrolando milhares de docinhos como fazia nas minhas festas de aniversário quando era criança. A diferença é que naquela época comia e não engordava... tsc.tsc.tsc.

Fatos a serem lembrados sobre o primeiro ano:

* Uma colega de trabalho disse uma vez que comprava um bolo de casamento todo ano e congelava uma fatia ao longo do ano, até o próximo ano-bolo. Pensei que seria muito mais legal se eu fizesse o meu bolo. Triste idéia ... Nunca errei tão feio na minha vida e o bolo dançante foi pro lixo... Era de chocolate com ganache de chocolate branco e frutas vermelhas como recheio e chantilly de chocolate de cobertura. Chorava copiosamente enquanto o Fa tentava reunir o Vesuvio em erupção para jogar fora... Recheio mole demais, cobertura dura demais. Adeus... Ano que vem compro de novo...

* Estar doente e falta d'água após uma viagem podem ser os agravantes para o não-sucesso... Fa bem falou para comprar um na padaria (pêlos da nuca eriçam só de pensar)

* Alianças novas para simbolizar o casamento. As de noivado ficam de recordação. Bom sinal: Promessas com um ano de atraso ainda são dívidas a serem cumpridas, e foram... 

* Ephigênia, Ursula e Carlota  ganharam uma irmã magenta muito linda. Preciso escolher um nome. Alguém se habilita?

* Um "cheiro" bem gostoso nas duas que fizeram este dia se tornar especial mesmo com um céu cinzento: Minha sogra foooooooooooofa demais com o webcard que me faz sentir única sempre!!! Beca, meu doce que não pode comer doce: Pedir para sua mãe trazer o buquê neste tempo nos fez sentir mais que completos. Pois é a certeza de que somos felizes em termos amigos como você!

AiAi! Depois de choros, alegrias e meu primeiro bolo horroroso, vou para os braços do meu companheiro que é lá que reúno as forças para encarar um novo ano: UM ANO BOM. Aliás me sinto mais forte e realizada que um ano atrás. Não vejo a hora de chegar as bodas de prata, rubi, ouro...

Ao marido: O meu mais sincero SIM!


2 comentários:

Marido disse...

Amor não importa se o bolo ficou feio ou bonito, gostoso ou ruim. O que importa e o amor que tenho por vc que é eterno. E vc pode ter certeza que iremos ter muitos bolos pela frente. Ainda tem muita bodas para serem feitas e muitos bolos para darem certos.

O que importa é que TE AMO, com ou sem bolo.

Bjs marido.

Tania disse...

Oi minha querida,
Vc. está começando este ano com uma determinação que eu aprovo 100% e vou dar a maior força.
Já que vc tem que fazer as receitas para o seu regime, será que não podia postar algumas bem gostosas (regime é uma droga)para aquelas que também precisam perder uns quilinhos?
Bjs
Sogra
Sogra